Saltar al contenido

5 mitos sobre o GLP

  • por
Tempo de leitura: 2 minutos

O GLP (Gás Liquefeito do Petróleo) presente em nossos lares é produzido a partir do processo de destilação fracionada nas refinarias de petróleo. Esse produto é composto pelos gases propano e butano, que são transformados em líquidos para envasamento e distribuição.

No Brasil, o consumo doméstico do gás de cozinha é bastante comum. Então se torna normal surgir informações variadas a respeito dele. Porém, nem todas são verdadeiras. Confira abaixo os 5 mitos mais populares sobre gás de cozinha:

  1. Fechar parcialmente o registro ajuda a economizar o gás

Devido aos constantes reajustes de preço do GLP, muitas pessoas buscam alternativas para economizar no consumo. Assim, alguns vídeos com informações falsas se popularizaram na internet, no qual ensinam a fechar parcialmente o registro do botijão como forma de poupar o uso. Não faça isso! Além de não gerar nenhuma economia, pode ocorrer um vazamento de gás, pois qualquer passagem de ar poderá apagar a chama do fogão, que estará reduzida.

  1. O GLP tem cheiro

Muitos acreditam que o gás de cozinha tem cheiro próprio. Na verdade, o odor característico do gás é resultado de um produto adicionado ao GLP, o mercaptano, com o objetivo de evitar possíveis acidentes.

  1. O GLP é mais caro do que a energia elétrica

Apesar dos constantes reajustes ocorridos nos últimos dois anos, o gás de cozinha ainda é uma fonte de energia bastante econômica para o consumidor, em comparação ao gás natural e energia elétrica. Além disso, há várias formas de economizar o uso e ter melhor aproveitamento do GLP. Manter as bocas do fogão limpas e instalar o fogão longe de passagens de ar, por exemplo, ajudam a prolongar o uso do seu botijão.

  1. O GLP é menos seguro do que o gás natural

O gás de cozinha é uma energia mais limpa do que o gás natural, é mais econômico e melhor aproveitado. Por ter melhor qualidade na queima e gerar menos elementos poluentes, é também mais seguro para o meio ambiente.

  1. Mangueira do gás não tem validade definida

A mangueira do gás tem validade de cinco anos. Após esse prazo, é recomendada a troca, para evitar desgaste do produto e vazamento de gás.

Diante de tantos mitos em torno do gás de cozinha, é importante que você esteja sempre atento e bem informado. Isso tanto contribui para que você aproveite melhor o seu GLP e evite desperdícios e acidentes. Além de poder informar melhor seus clientes e parceiros.

Quer conhecer o melhor sistema para revendas de GLP?
Agende uma demonstração aqui.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

es_ESEspañol